CANA ROXA




CANA ROXA


Cana roxa, garapa boa
Perna de moça, sede de coroa.

Eu assim, doce assim
Cê vem bebê pra ficá perto de mim.

Perna de moça e cana roxa
Prazê que me faz cantá,
Laço que não afrouxa
Amarra sem enjuá
Sabor meu, calor de moça
A sombra do calipá.

A sombra do calipá
O bigodinho dobra
Também dobrá,
Tarraco perna de moça
Dexo da cor da cana roxa
Beijo seus lábios de juá.

Da garapa nóis se saceia
Rolamo no capim sem se coçá,
Tarraco perna de moça
Que já cheira jatobá
Dexo da cor da cana roxa
Beijo seus lábios de juá.

Companheiros de Estrada & Amigos