segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

ah, o amor! (3)





o amor
quando é verdadeiro
torna tudo  diferente
pode até ferir
mas a gente
fecha os olhos
finge que não sente
porque da vida
o que se leva
é ter sido amado 
por outro ser carente

é estar à sombra duma  árvore
sorrir às primaveras
por ter plantado sua semente

assim é meu amor por ti
de uma saudade imensa
quando estás ausente

mas o tempo
ah, o tempo!
o tempo de te amar
neste meu olhar
é  meu presente...

com todas as dores
à sombra da árvore
tão eternal
de tantas primaveras
neste olhar confidente


**********