saudade do que não vivi, ainda...







saudade bem presente
colossal
num  monossílabo
que é o céu...
...
isso não passa na minha cabeça
quando na orla estou
com meu olhar navegante
até a linha do horizonte

ora!

por que sinto saudade
desse mundo desconhecido
misterioso
de lendas & canções?

,,,

ora!
por que a saudade
mexe com minhas emoções
no tempo
no espaço
na solidez de minhas visões?...

se 
meu olhar seguinte
me inspira
a uma frase inescrita:

"saudade bem presente
colossal
num monossílabo
que é o céu"

onde as almas se encontram
noutra dimensão
e dão vazão
à passagem inescrita...


ora!
todos meus sentires cabem
numa só palavra
que resume  meus voos sem-fim
a uma plataforma de descanso final...





****













Companheiros de Estrada & Amigos