orvalho do mar.







flor de alecrim
brota nos pedregulhos
 enfim, ai de ti
que só tem orgulhos!

não és nem a mais bela flor
sem pétalas pra te adornar
semeada ao léu do vento
veio me falar do amor
passageiro sopro de mar

flor de alecrim
o que trouxestes pra mim
senão teu aroma uno
leve orvalho ardente
num olhar vago ao ocidente
sem que me oriente
na imensidão te achar

flor de alecrim
silvestre pelo campo
ritual menino corredor
que um dia sentiu teu olor
a vida passa de repente
a tua por onde eu for



***

Companheiros de Estrada & Amigos