quinta-feira, 10 de abril de 2014

quão difícil dimensionar o amor




quão difícil dimensionar o amor
da mente débil que se expira
,

tão mais fácil o ódio e a ira
que ferem mais que toda dor...

cada ser tem um limite
se nem sei de mim
bobagem meu palpite

amor & ódio
:
becos sem saída
extremos
porções
que se deve escolher
qual delas é o proceder
qual delas é menos sofrida

quão difícil dimensionar o amor
se todo alma vaga após a morte

se toda alma vivente vaga
sem se dar conta
de qual a sua medida



*****