do resto, nada a declarar!






tem resto utilizável
tem resto do resto lixo
tem resto de alto nível
resto consumível

resto de mim
da vida da minha
do que me presto
se já não me presta a matemática
que meu resto definha

detesto resto
resto de economia
de fome
me vem á tona
pasmem!
a escatologia!

mas se se juntar tudo quanto é resto
dá pra se criar um país sem nome
...

"bem-vindo à Restolândia!"
(avesso desconstrutivo?)

ah, do jeito que anda o consumismo
um país só de reciclados
seria a nova potência...ih!

do resto, ao que me presto,
mais nada a declarar. ponto.


***

Companheiros de Estrada & Amigos