segunda-feira, 16 de junho de 2014

classes.





de cócoras
do alto do morro
de favelópolis
mastigando chiclete
chupando um drops
o piá mira
o outro da urbecapital

que num dos prédios
como ele
desentende os porquês
dos nichos vivenciais,

entre eles há um muro invisível
de nortes infindáveis,

um dia
na rua
talvez até se cruzem
cara a cara
em desejos enclausurados
nos desvalores
do senso comum
que os levam a ver
sempre um degrau acima

da escala na escola
de classes ABC
na única lição vital a todos:
VIVER
a qualquer custo.


***