domingo, 22 de junho de 2014

sobre cães & homens








cão sarnento
fedido
lazarento

ninguém te quer
excluído
parece excremento

quem te vê
fica enojado
dá de calcanhar
de olhar cinzento

mas saiba
que já conheci
HUMANO
mais pestilento
por opção
por condenação
ou
simplesmente
de instinto peçonhento.

(mas ainda bem que há almas
que se condoem pelo cão)

...

( & outras que se turvam
ao homem
sem nenhuma explicação)


será o sentimento humano
uma caixinha de surpresas
e, em cada situação, não
se sabe ao certo qual a reação?




****