sábado, 14 de junho de 2014

trupicos






tô mais inseguro
que barco sem poita

tomei um laxante
não acho a moita

rabugento
não sei se açoito a vida
ou se a vida me açoita

no espírito
que me vem de manhã
e comigo pernoita

eta jabaculê do balacobaco!

ai-ai-ai
quem trupica também cai

pra mudar de opinião
sem que ela seja afoita

vou correr atrás do vento
meio uó do borogodó
qu'essa labuta só me coita



.......................................................................







jabaculê: coisa feita de improviso, gambiarra.
(do) balacobaco: excelente, ótimo, fantástico
(coisa ou pessoa).
borogodó: determinada coisa que se refere a
uma pessoa no sentido de ser horrível, tosca,
brega, o pior do pior, etc.





****