2 minipoemas e 1 miniconto





lágrimas opostas.

ela ria
eu rio
até secar


***


loucura pouca é bobagem
se o louco quer ser normal
só pode estar de sacanagem
ou vice-versa


***

um miniconto:

a morte do mosquito.

na última frase
logo após a última palavra
um mosquito
pousa como se fosse um ponto final

pimba!
amassei o coitado

uma ficção que virou realidade



***

teoria da inspiração.





teoria abre o leque de teorias
peixe grande vive do peixe menor

etc

a tecnologia supraespacial
envia hologramas & imagens
desde o gene

serão os deuses astronautas?
(outra teoria)

atrás de toda tecnologia há um corpo concreto
à nossa imagem & semelhança
(controlador universal)

acho que é Deus

o humano é unido a um ser superior
por cordões umbilicais
invisíveis & energéticos

quando esse cordão se rompe
o ser concreto é levado para o mal
(inspiração avessa e aversa?)

bem
é só mais uma teoria
porque hoje abri o leque
a fim de me conectar
{receptor?}

***







escapismo.




lá vai ele
valente
indolente

quer compreensão
permissiva

mas nem mesmo ele
sabe o que sente

lá vai ele

ele vai
de nada se priva
gira gira a mente
pesquisa
volta carente


***



natural.




pobre fruta madura
despenca pra germinação

pobre homem maduro
submete-se à sua podridão

o homem não vale a árvore
que por si faz sua evolução

pobre homem, pobre fruta
por ele terá sua extinção

mas renascerá entre as pedras
sobre os ossos da civilização

*****




Companheiros de Estrada & Amigos