rua da ilusão




aqui na minha vila
tem a rua da ilusão
gente  que passa, sofrida
com Deus no coração.

lá vai, lá vai
o mascate fazendo biscate
menino pé-no-chão
barraco caído
e o bêbado
com pacote na mão

lá vai
a gente bonita
seguindo a procissão
na rua de minha vila
de nome Ilusão,

olha a gente bonita
gente-pacote-na-mão
que nem o bêbado
de prosa e canção

 laiá,

aqui na minha vila
à noite tem balão
batucada, jogo de bola
na rua da ilusão,

a minha rua termina
lá no monte do areião,
todo mundo o vê
como fonte de inspiração

após ele tem um sonho
que vai sair da ficção

laiá- lá-rá...





Companheiros de Estrada & Amigos