terça-feira, 25 de março de 2014

da lágrima.


a lágrima mais doída
talvez não seja
a da tristeza incontida

mas sim
aquela que nos fere
e sem por quê nos cura
como elixir da vida

a lágrima, ah, a lágrima
parece ponto de partida
de quem vai
de quem foi
como  um lenço ao vento
no olhar ao tempo
a cicatrizar qualquer ferida



***