bico no toco.




trupico no toco
nem me toco qu'ele é oco
no ar dô um soco
não sô bobo
corro do lobo
pumm!!!
caí no lodo
no engodo
pisei no rodo
(que que ele tava fazendo no meio do caminho?)
o cabo bateu no meu coco.

me ralei todo

alô bobão!
parei pensei
(pus na boca a última jujuba
que tava no cós do  calção)
voltei meio de afastão
lento cismado
desesperado,
só me fodo
prestei bem atenção
era um lobo empalhado.

bico no toco.
não conta pra ninguém
que me caguei todo
numa ilusão de ótica
do mas, todavia, porém...
vixiiii!!!!


***

Companheiros de Estrada & Amigos