segunda-feira, 27 de julho de 2015

nota de rodapé 3.




as palavras que saem do meu silêncio
já não me pertencem

são pássaros que solto da gaiola



***