domingo, 6 de setembro de 2015

equilíbrio.






a mim me basta tudo o que possuo
o resto são sonhos que ficaram
e ficam no meio do caminho

nem tudo são flores
nem tudo são espinhos

tudo se renova em mim

jamais vou deixar de acreditar
que nasci pra ser feliz

venham os próximos desafios
balançar minha fragilidade

pois dela nasce minha força
e meu olhar sempre à frente




***