namoro da rosa com o beija-flor.




quando choras de saudade
e teu coração dispara de ciúme
quando não há mais vaidade
e tu identificas o  perfume

 e escutas a batida silenciosa
dum biquinho beijando a rosa

quando sentes a carícia do vento
diminuir a passagem do tempo

quando desejas pintar caminhos
com  as cores da felicidade
 juntas do sonho os pedacinhos
e saltitas num balé pela cidade


quando sentes ser  parte de outra vida
 metade que nunca será dividida

ficas sem entender por que deu liga
tua tolice sufocando a fadiga

quando tudo te despenteia
e só o orgasmo te norteia,
isso é amor, tá rolando amor
não há nada que o desdiga

quando todos teus sentidos afloram
verás atrás os que ainda choram

e insensíveis aos dons permitidos
hão de ver a nudez de amores nascidos


em flertes de completude que amiúde
o desejo e a atração  as faces coram



-- ora, isso é amor vigente
dentro de ti tá rolando amor
namoro da rosa com o beija-flor
tão livre e insólito
que ninguém num repente 
possa esse átimo supor

....




***2004




Companheiros de Estrada & Amigos