sexta-feira, 21 de novembro de 2014

num destes jás!








num destes jás!
onde o mundo é o paraíso
e pessoas são criações libertas
neste olhar da janela
tu me chegas

num destes jás!
rebusco teu olhar frontal
como uma evidência
um momento feliz
ou
uma partícula de lembrança
dormente em meu pensar
que desperta
quando tu me chegas


***



(rehgge, 1990)